Anunciados os vencedores do Prêmio ETCO de Jornalismo

Folha de S. Paulo, Revista PEGN, Rádio BandNews FM Brasília, Rede Globo e Portal O Tempo Online são os veículos agraciados.

O vencedor do prêmio principal será conhecido em cerimônia marcada para 7 de novembro, em São Paulo

O Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial – ETCO anunciou em 9 de outubro os vencedores das cinco categorias do Prêmio ETCO de Jornalismo. Aos autores dos trabalhos contemplados será conferida a quantia de R$ 10 mil.

Os vencedores são:

Jornalismo Online: Ana Paula Pedrosa e Queila Ariadne, do Portal O TEMPO ONLINE, com o trabalho “10 ANOS SEM CAMELÔ”.

Telejornalismo: Eduardo Faustini e André Luiz Azevedo, da REDE GLOBO, com a reportagem “A CARA DA CORRUPÇÃO”, veiculada no Fantástico.

Radiojornalismo: Lucas Scherer e Bruno Feitosa, da RÁDIO BANDNEWS FM de Brasília, com o trabalho “A INDÚSTRIA DA PIRATARIA”.

Jornal: Ricardo Mioto, da FOLHA DE S. PAULO, com a série “PESADELO FISCAL”.

Revista: Bruna Martins Fontes e Júlia Pitthan, pela matéria “NEGÓCIOS COM CAUSA – A ESCOLHA É SUA”, publicada na REVISTA PEQUENAS EMPRESAS & GRANDES NEGÓCIOS.

Cerimônia de premiação

A cerimônia de premiação acontecerá no dia 7 de novembro, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo. No evento, será conhecido o vencedor do prêmio principal, ou Grande Prêmio ETCO de Jornalismo, escolhido entre os vencedores das cinco categorias, e que será contemplado com a quantia adicional de R$ 10 mil. Uma homenagem especial será conferida aos editores dos trabalhos premiados.

A Comissão de Julgamento foi formada pelos jornalistas Beth Cataldo, Carlos Eduardo Lins da Silva, Fernando Portela, José Márcio Mendonça e Nelson Hoineff. Para escolher os vencedores, a comissão examinou 71 trabalhos da categoria Jornal, 10 da categoria Revista, 10 de Radiojornalismo, 57 de Telejornalismo e 55 de Jornalismo Online, num total de 203 inscrições.

O Prêmio ETCO de Jornalismo foi criado para ampliar o conhecimento e a compreensão dos benefícios para a sociedade das práticas de negócios alinhadas com a ética concorrencial.