Ambiente de negócios sofre com transgressões culturalmente aceitas, afirma FHC

Por ETCO
04/12/2007

Fonte: DCI, 04/12/2007

SÃO PAULO – O ex-presidente da república Fernando Henrique Cardoso afirmou, nesta terça-feira (4), que “a transgressão é aceita culturalmente no Brasil, interferindo no ambiente de negócios”, em evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO), na Universidade de São Paulo (USP).

Segundo FHC, “no Brasil ainda não constituímos uma sociedade que acredita na democracia e não há igualdade perante a lei”, fatores que somados a má gestão dos gastos públicos e ao excesso de burocracia ocasionam desvios de conduta e transgressões do homem.

“Um bom ambiente de negócios prospera com regras claras e respeitadas. A sonegação, a informalidade, a adulteração, a pirataria e outros desvios de conduta geram desequilíbrios de concorrência”, completou André Franco Montoro, presidente executivo do ETCO.