Economia informal movimentou R$ 578 bilhões em 2009, revela FGV

Por ETCO
21/07/2010

Fonte: O Globo Online – Rio de Janeiro/RJ – 21/07/2010

São Paulo, 21 jul (EFE).- A economia informal movimentou R$ 578 bilhões no Brasil em 2009, valor que representa 18,4% do PIB do país, segundo estudo divulgado nesta quarta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO).

“Estamos falando de quase R$ 600 bilhões, que ficam à margem da economia formal brasileira. Para dar uma idéia da gravidade desse problema, basta lembrar que a economia subterrânea do Brasil supera toda a economia da Argentina”, disse André Franco Montoro, diretor-executivo do ETCO.

Em 2003, quando o estudo foi apresentado pela primeira vez, a economia informal do Brasil movimentava R$ 357 bilhões, 21% do PIB.

A queda em relação ao PIB reflete que, apesar do aumento em termos absolutos das transações informais, as formais subiram ainda mais.

A economia brasileira cresceu 9% no primeiro trimestre do ano frente ao mesmo período de 2009, a maior alta registrada em um primeiro trimestre nos últimos 16 anos.


Esse crescimento trimestral permite projetar um crescimento anual de 10% para o país, mas as previsões dos economistas são de que o ritmo comece a desacelerar nos próximos meses, e que o Brasil feche 2010 com um crescimento de 6,6%.