Brasil é uma das economias com maior informalidade no mundo

capa ANEFAC

Para Evandro Guimarães, presidente executivo do ETCO (Instituto Brasileito de Ética Concorrencial), estamos no início de um caminho para superar a cultura do “jeitinho” no Brasil. “Mas esse começo ainda é muito tênue”, afirma. O resultado é um saldo que afeta duramente a atividade econômica brasileira.

Na entrevista concedida á revista ANEFAC, ele aponta uma visão crítica sobre um comportamento que perpassa todas as classes sociais no país.

Para ler a íntegra da entrevista, clique aqui

Compartilhe