Seminário apresenta projeto de rastreabilidade de medicamentos

Por ETCO
29/10/2009

Fonte: ABSO – SP – 29/10/2009

Com o intuito de divulgar os resultados obtidos no Projeto Piloto do Sistema de Rastreabilidade e Autenticidade de Medicamentos, o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) realizou no dia 22 de outubro no Caesar Park & Business Faria Lima na cidade de São Paulo, seminário sobre o novo sistema de rastreabilidade, que pretende inibir e fiscalizar práticas antiéticas de concorrência, permitindo aos agentes de fiscalização verificar a origem e a autenticidade de cada medicamento.


 


Assim, roubos de carga, desvios de produtos, acidentes ou incidentes durante o transporte poderão ser detectados. Com a implantação total do sistema, em qualquer parte da cadeia farmacêutica será possível constatar se o medicamento é genuíno ou não. O consumidor também será beneficiado, já que terá condições de verificar a autenticidade do medicamento adquirido.


 


A Lei 11.903/2009 prevê ainda que o sistema terá de ser completamente implementado no prazo de três anos. Ao final desse período, o controle de medicamentos no Brasil deverá atingir níveis de excelência, garantindo, além de rastreabilidade, um monitoramento eficaz sobre o uso e a prescrição de medicamentos.


 


O empresário campo-grandense Luiz Fernando Buainain, diretor-presidente da Distribuidora Brasil de Medicamentos, participou do evento. Buainain é presidente da ABAFARMA – Associação Brasileira do Atacado Farmacêutico, uma das entidades participantes da elaboração do projeto piloto do sistema de rastreabilidade de medicamentos. A ABAFARMA é responsável por 80% do PIB da distribuição farmacêutica no país e este ano – de janeiro a agosto – já faturou R$ 10,5 bilhões.


ABSO
 

RELACIONADAS

 
 

Seminário apresenta projeto de rastreabilidade de medicamentos

Por ETCO
28/10/2009

Fonte: CapitalNews – MS – 28/10/2009

Com o intuito de divulgar os resultados obtidos no Projeto Piloto do Sistema de Rastreabilidade e Autenticidade de Medicamentos, o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) realizou no dia 22 de outubro no Caesar Park & Business Faria Lima na cidade de São Paulo, seminário sobre o novo sistema de rastreabilidade, que pretende inibir e fiscalizar práticas antiéticas de concorrência, permitindo aos agentes de fiscalização verificar a origem e a autenticidade de cada medicamento.

Assim, roubos de carga, desvios de produtos, acidentes ou incidentes durante o transporte poderão ser detectados. Com a implantação total do sistema, em qualquer parte da cadeia farmacêutica será possível constatar se o medicamento é genuíno ou não. O consumidor também será beneficiado, já que terá condições de verificar a autenticidade do medicamento adquirido.

A Lei 11.903/2009 prevê ainda que o sistema terá de ser completamente implementado no prazo de três anos. Ao final desse período, o controle de medicamentos no Brasil deverá atingir níveis de excelência, garantindo, além de rastreabilidade, um monitoramento eficaz sobre o uso e a prescrição de medicamentos.

O empresário campo-grandense Luiz Fernando Buainain, diretor-presidente da Distribuidora Brasil de Medicamentos, participou do evento. Buainain é presidente da ABAFARMA – Associação Brasileira do Atacado Farmacêutico, uma das entidades participantes da elaboração do projeto piloto do sistema de rastreabilidade de medicamentos. A ABAFARMA é responsável por 80% do PIB da distribuição farmacêutica no país e este ano – de janeiro a agosto – já faturou R$ 10,5 bilhões. (Com informações da Assessoria)