Campanha contra o ‘jeitinho’ une Globo e empresários

Por ETCO
09/06/2005

Fonte: Meio&Mensagem, 03/06/2005

Por Daniele do Nascimento Madureira


O nome da campanha é “Valores Éticos”, mas também poderia se chamar “A síndrome da lei de Gerson”. Na série de cinco filmes produzidos pela Central Globo de Comunicação (CGC), que estreou nesta quinta-feira, dia 2, em rede nacional, cinco personagens demonstram o pior do jeitinho brasileiro, quando se quer sempre, e a qualquer custo, levar vantagem em tudo.



Os filmes, dirigidos pelo cineasta Domingos de Oliveira, foram encomendados à CGC pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco), presidido por Emerson Kapaz, com o objetivo de sensibilizar a opinião pública sobre situações corriqueiras envolvendo sonegação de impostos por pessoas físicas e jurídicas, pagamento de propina a fiscais, descaso do cidadão comum com a política e desvio de recursos no setor público. “Não, não é esse tipo de brasileiro que eu quero para o meu País” é a assinatura da campanha, que tem locução da atriz Fernanda Torres.



“Nossa intenção é levantar a indignação da população, para que cada um saiba que é co-responsável pelos desmandos que acontecem no País, procurando assim provocar uma mudança de atitude”, diz Kapaz, ex-deputado federal pelo Partido Popular Socialista (PPS), que ressalta que o Etco não tem vinculação partidária. “É uma associação sem fins lucrativos, mantida por empresas privadas”, esclarece. Ao procurar a Rede Globo para propor uma campanha de cunho social que abordasse a questão da ética, Kapaz soube que Domingos de Oliveira já estava interessado em trabalhar com o assunto. Com a parceria, a Globo bancou parte da produção e abriu espaço na sua grade.


 
Segundo Kapaz, o instituto é dono dos filmes e pretende veiculá-los, posteriormente, também em outras emissoras. “Mas neste momento vamos aproveitar todo o potencial da Globo para uma comunicação de impacto”, diz o presidente do Etco. Entre os membros do conselho consultivo do instituto, está João Roberto Marinho, vice-presidente das Organizações Globo. A campanha deve ser veiculada de maneira intensa até o dia 17. Depois disso, continua no ar, mas com inserções mais esparsas.


 Leia mais sobre “Valores Éticos” e assista aos filmes da campanha