Cigarros falsificados são apreendidos em operação da polícia

Fonte: O Estado do Maranhão – 17/10/2010

Uma operação desenvolvida ao longo dessa semana na Região Metropolitana de São Luís resultou na apreensão de 23 mil carteiras de cigarros falsificados e contrabandeados. A carga, segundo a Polícia Civil, era vendida ilegalmente em um pequeno comércio denominado Comercial Rouba Pouco, localizado no bairro João Paulo.

“Fizemos diligências e vistoriamos diversos estabelecimentos comerciais nos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar. Hoje (ontem), tivemos informações de que o Comercial Rouba Pouco, próximo à Feira do João Paulo, estava vendendo cigarros importados. O produto não tinha nota fiscal”, explicou o delegado Breno Galdino, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

No local da apreensão, na Avenida Projetada, uma mulher identificada como Lídia de Sena, de 51 anos, natural de Coroatá, foi intimada a comparecer na segunda-feira, 18, na sede da Seic, para prestar esclarecimento sobre a aquisição do produto. Conforme explicou Galdino, duas das três marcas recolhidas têm venda proibida no Brasil.

“Foram encontradas as marcas Derby, US e TC. Na primeira, foi constada a falsificação do produto. As duas seguintes são contrabandeadas e, portanto, têm venda proibida no país. Ao todo, foram apreendidas 24 caixas de cigarros”, informou o delegado da Seic que, até o fechamento dessa edição, continuava vistoriando outros pontos comerciais na capital.

Compartilhe