Informalidade já responde por 40% da renda

Por ETCO
12/08/2004

Fonte: Diário de São Paulo, 11/08/04

Quarenta por cento da renda nacional e mais de 50% dos postos de trabalho. Esse é o peso da informalidade para a economia brasileira, de acordo com estudo elaborado pela McKinsey a pedido do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco). Os dados foram apresentados ontem, durante seminário que reuniu diversos especialistas em concorrência desleal. O evento foi aberto pelo governador Geraldo Alckmin, que anunciou a criação de um comitê estadual, ligado diretamente ao seu gabinete, para discutir o assunto.


A partir de hoje, o estudo e um documento com sugestões de providências a serem tomadas serão encaminhados aos ministros da Justiça, Casa Civil, Justiça, Fazenda e Desenvolvimento Econômico. A idéia é constituir um comitê nacional para tratar da questão.