Operação da Receita Federal desmonta esquema de fraude na importação de eletro-eletrônicos

Por ETCO
10/09/2010

Fonte: O Globo Online – Rio de Janeiro/RJ – 10/09/2010

O Globo

RIO – A Receita Federal, juntamente com a, Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta sexta-feira a Operação Cone, de combate à fraude na importação de produtos eletro-eletrônicos e de informática de última geração. Estima-se que golpe atinja os cofres públicos em mais de R$ 100 milhões.

Entre as mercadorias apreendidas equipamentos áudios-visuais, peças de aeronaves, rolamentos, notebooks, máquinas fotográficas e smartphones. Peças de aeronaves, smartphones e notebooks estão entre as mercadorias apreendidas. A ação acontece em Salvador,Bahia, na cidade de São Paulo e Vitória, no Espírito Santo


Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão, em 26 endereços, localizados na cidade de Salvador, com desdobramentos em São Paulo e Vitória, com a participação de 56 servidores da Receita Federal e 122 servidores da Polícia Federal.


O esquema consistia basicamente no desvio de mercadorias, promovido por brasileiros proprietários de empresas estabelecidas em Miami, nos Estados Unidos, que transacionavam com empresas e pessoas físicas no Brasil. O grupo praticava também subfaturamento nas transações, com a emissão de “notas frias”, e utilizando-se de empresas fantasmas para emprestar aparência de legalidade às operações.

Segundo a Receita, o dano ao Estado não fica restrito ao campo tributário. Além das perdas aos cofres públicos, tem-se um incentivo à prática da “concorrência desleal”, porque essas empresas conseguem colocar seus produtos no mercado nacional a um preço mais competitivo com os comerciantes legais.


Esta operação é uma continuidade da Operação Conexão Miami, realizada em junho de 2006, em Salvador.