Queda na renda garante alta de vendas de cigarro e CDs piratas

Por ETCO
15/12/2004


Por Flávia Mangini, Diário de São Paulo – 15/12/2004


Pesquisa confirma que os dois produtos são líderes na preferência dos consumidores. Em três anos, mercado de CDs pirateados disparou
Cigarros e CDs. Estes são os dois produtos pirateados mais consumidos no estado de São Paulo, afirma o presidente da Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF), Fernando Ramazzini.


No caso dos CDs, pesquisa realizada pelo Instituto Franceschini de Análise de Mercado, a pedido da ABCF, mostra que 52% das vendas do produto no país, no ano passado, trataram-se de objetos falsificados. O quadro é ainda mais alarmante quando se leva em conta que, em três anos, a base de consumidores de CDs piratas aumentou em 1,5 milhão de pessoas, enquanto a de clientes que optam por itens originais caiu em cerca de 500 mil.