Seops recolhe produtos piratas e remove barracos ilegais na Feira dos Importados

Fonte: Mais Comunidade – Brasília/DF – 02/12/2010

A Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) deu início à primeira fase do plano de legalização total da Feira dos Importados de Brasília. A operação Choque de Ordem realizada pela Secretaria nesta quinta-feira (2) combateu o comércio ilegal promovido por ambulantes e a pirataria. A ação se iniciou às 6h, a fim de evitar a instalação da área pública externa da feira.

A equipe de atuação removeu 10 barracos de lona e madeira usados por ambulantes em frente à feira. Dentro das barracas foram encontrados freezers com bebidas alcoólicas, sucos e refrigerantes. Nenhuma mercadoria foi apreendida. Os agentes conversaram com os vendedores, solicitando a retirada dos produtos do local. Apenas nos casos em que os ambulantes não consigam fazer a retirada de itens, como freezers, cadeiras e mesas, a Seops fará a transferência para os endereços dos donos, utilizando caminhões cedidos pela Administração de Brasília.

Além de os barracos estarem em área pública, não apresentavam condições mínimas de higiene. Durante a remoção, foram encontrados ratos e baratas no comércio irregular.

Durante a operação, houve uma pequena resistência por parte de alguns vendedores, que incendiaram pneus e lixo, atrapalhando o tráfego de veículos nas vias próximas à feira. A Polícia Militar, porém, interveio, impedindo a manifestação. Um homem que causou confusão no local foi levado à 8ª Delegacia de Polícia do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA).

Ainda foram apreendidos na ação cerca de mil CDs e DVDs piratas, em barracas ilegais. Todo o material foi levado para o depósito da Agência de Fiscalização (Agefis). Ao todo, 100 agentes da Seops, da Agefis, do Departamento de Trânsito (Detran), da Administração de Brasília, da Polícia Civil e da Polícia Militar participaram da operação.

 

Compartilhe