Estímulo ao contrabando

Com o dono de 50% do mercado de cigarros contrabandeados aos países vizinhos sentado na cadeira de presidente, seria difícil imaginar que o Paraguai aumentaria os impostos sobre o tabaco dos atuais 13% para os esperados 50%. Pois não aumentou.

O Senado paraguaio acaba de elevar as taxas de 13% a 20%, número ainda insuficiente para diminuir o contrabando a países como o Brasil, onde os impostos sobre esse tipo de produto chegam a 65%. A medida ainda deve ser ratificada pelo Congresso do Paraguai.

Leia matéria completa

Fonte:  Veja Radar On Line (09/06)

Para mais informações sobre ações de combate ao contrabando, acesse: www.naoaocontrabando.com.br

 

 

 

Compartilhe