Mais da metade dos jovens empregados na América Latina está na informalidade

OITPelo menos 27 milhões de jovens entre 15 e 24 anos trabalham informalmente na América Latina e no Caribe, o que representa 55% do total de jovens ocupados na região, segundo o relatório “Formalizando a informalidade juvenil”, que a OIT (Organização Internacional do Trabalho) apresentou nesta quarta-feira (22) em Lima.

A diretora regional da OIT para a América Latina e o Caribe, Elizabeth Tinoco, destacou que seis em cada dez postos de trabalho para jovens estão na informalidade, e isso constitui “uma preocupação maior ao desemprego juvenil porque afeta diretamente a qualidade e as condições do trabalho”.

Tinoco apresentou as principais conclusões do estudo junto à diretora do escritório da OIT para os países andinos, Carmen Moreno, e o especialista regional da OIT em emprego juvenil, Guillermo Dema.

Fonte: Portal R7 (22/04)

Para ler a matéria completa, clique aqui

Compartilhe