Mercado de trabalho vai desde formal à informal

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual médio de trabalhadores com carteira de trabalho assinada  em relação à população ocupada com outros trabalhos, incluindo os informais , aumentou em 12 anos 19,9 pontos percentuais, passando de 39,7% em 2003 (7,3 milhões), para 59,6% em 2014.

Os dados fazem parte da Pesquisa Mensal de Emprego, levantado nas regiões metropolitanas do Recife, de Salvador, de Belo Horizonte, do Rio de Janeiro, de São Paulo e Porto Alegre, onde o estudo aponta que de 2013 para 2014 o número de trabalhadores com carteira assinada passou de 50,3% (11,6 milhões) para 50,8% (11,7 milhões) um aumento em relação ao trabalho informal.

Fonte: O Estado RJ (24/03)

Para ler a matéria completa, clique aqui

Compartilhe