Setor de bebidas frias gera 77 bilhões de reais na economia

O segmento de bebidas frias – que compreende a produção de sucos, águas, refrigerantes, cervejas, chás e isotônicos – movimenta uma extensa cadeia produtiva e tem se destacado por grandes investimentos. Responsável por 3% de todo o PIB nacional, os aportes desta indústria passaram de 2,2 bilhões de reais em 2009 para 7,4 bilhões de reais em 2013. Neste período, as empresas de bebidas frias investiram 30,8 bilhões de reais.

O valor foi destinado a novas tecnologias, pesquisas e inovações, ampliação e construção de fábricas, modernização e aquisição de equipamentos, e também para garantir maior eficiência da frente de vendas, nos processos logísticos e de distribuição. Estudo do IBGE aponta que este mercado é o que possui o maior efeito multiplicador na economia. De acordo com o instituto, para cada real investido por uma empresa de bebidas, outros 2,5 reais são gerados na economia. Assim, considerando os investimentos dos últimos cinco anos, os aportes do setor geraram mais 77 bilhões de reais na economia brasileira.

Clique aqui e saiba mais

Fonte: Portal Capital Teresina (PI)

Compartilhe