Exército retoma operação de reforço da segurança nas fronteiras do país

O Exército lançou nesta quarta-feira (22) a Operação Ágata 9. A ação em conjunto com a Marinha e outros órgãos policiais e de fiscalização tem como alvo os crimes transnacionais como o tráfico de drogas e de armas e o contrabando, além de impedir a fuga de procurados pela polícia que usam a região para deixar o país. Nesta edição, as ações estarão concentradas no Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

No oeste do Paraná, as tropas atuarão principalmente na praça de pedágio da BR-277 em São Miguel do Iguaçu, estradas rurais e nas pontes internacionais da Amizade, na fronteira com o Paraguai, e Tancredo Neves, com a Argentina. Além de Foz do Iguaçu, barreiras serão montadas em Guaíra e em Barracão e Santo Antônio do Sudoeste. No estado, serão 380 km de fronteira monitorados por tempo indeterminado. A última edição, em 2014, se estendeu por 13 dias.

O reforço na fiscalização feito desde 2011 faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras e tem o apoio da Marinha, da Aeronáutica, da Receita Federal, das polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar e Civil, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Ministério Público e Agência Nacional de Investigação Brasileira (Abin).

De acordo com o Exército, esta é a primeira vez que está sendo usado o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteira (Sisfron).

Acesse o link para ler a matéria na íntegra: http://g1.globo.com/pr/oeste-sudoeste/noticia/2015/07/exercito-retoma-operacao-de-reforco-da-seguranca-nas-fronteiras-do-pais.html

Para saber mais sobre ações de combate ao contrabando, visite o site http://www.naoaocontrabando.com.br/

Compartilhe