O ETCO no Dia Nacional de Combate à Pirataria

No dia 3 de dezembro é celebrado o Dia Nacional de Combate à Pirataria. O presidente executivo do ETCO, Evandro Guimarães, participou do seminário “A importância da propriedade intelectual” organizado pelo Conselho Nacional de Combate à Pirataria e pela Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, que ocorreu ontem na Praça da Sé, sede da OAB.

A mesa de discussão reuniu representantes do Ministério da Justiça, do Tribunal de Justiça, da Comissão de Combate à Pirataria, do Fórum Nacional Contra a Pirataria e Ilegalidade, da Brand Protection Group e do ETCO. Dentre as principais preocupações compartilhadas pelo ETCO que contribuem com a pirataria estão o ambiente progressivo de leniência entre instituições e governo, o qual afeta diretamente a melhoria da atividade econômica, e a estagnação da economia subterrânea, que inclui toda a produção de bens e serviços não declaradas ao poder público e que hoje representa 16% do Produto Interno do Bruto do Brasil.

Em busca de solucionar o problema da pirataria no Brasil, Evandro Guimarães, presidente executivo do ETCO, sugeriu o desenvolvimento de um documento oficial completo com elaboração técnica pelo poder público. “O documento deve ser abrangente, convergente, cumulativo e divulgável, e deve conter uma agenda de prioridades e urgências ao poder legislativo, executivo e judiciário. Somente com uma base sustentada no combate à pirataria será possível promover a formalização da economia nacional”, declarou.

 

Compartilhe