Informais movimentam 40% da renda nacional

Por ETCO
20/01/2005

Fonte: Correio Braziliense, 09/01/2005

A retomada da economia brasileira não alterou a informalidade estruturada no país, que hoje atinge entre 35% e 40% da renda nacional, como estimam o Banco Mundial (Bird) e o governo federal. Emprego, arrecadação de impostos e contribuição à Previdência subiram em 2004 ? sinal de que a informalidade perdeu força no mercado de trabalho. Mas o contrabando, a pirataria e a sonegação fiscal, que também compõem a economia informal, não param de crescer, segundo empresários e especialistas. Eles consideram que essa é uma tendência mundial, até para enfrentar a forte concorrência com a China.


 Clique aqui para visualizar a matéria publicada na íntegra no Correio Braziliense no dia 9 de janeiro [PDF – 208 Kb]