Fechamento de micro e pequenas empresas poderá ser feito em três dias

Medidas de desburocratização em benefício de pequenos negócios deverão ser anunciadas na próxima semana pela presidente Dilma Rousseff. Também é estudada a possibilidade da edição de uma medida provisória definindo em 6,5% o reajuste da tabela do imposto de renda.

O esforço do Planalto objetiva reverter a popularidade em baixa do governo e à iminente divulgação da lista de parlamentares e outras autoridades que serão investigados na Operação Lava Jato.

Ainda nesta semana, a presidente vai analisar proposta que cria faixas de transição para empresas saírem gradativamente do Supersimples, sistema fiscal que reduz a carga tributária em até 40%. É o projeto Crescer Sem Medo do ministro Guilherme Afif Domingos.

No caso da desburocratização, trata-se de para facilitar o fechamento de empresas no Brasil, considerado como um dos piores países do mundo em ambiente de negócios no Relatório Doing Business (Fazendo Negócios), do Banco Mundial.

Por meio de um programa de computador, o empresário poderá fazer isso pela internet em três minutos. Há 1,2 milhão de empresas inativas que não foram fechadas pelo do excesso de burocracia.

Para ler a matéria completa, clique aqui

Fonte:  site contabeis.com.br (20/02)

 

Compartilhe