Polícia fecha distribuidora de CDs e DVDs pirataras

Jornal da Globo – 26/07/2011

A polícia de São Paulo fechou nesta terça-feira (26) uma distribuidora com cerca de dois milhões de CDs, DVDs e jogos piratas.

Confira o vídeo da reportagem aqui

O cartão de visita de um dos falsificadores dizia MP3. O edifício de quatro andares chama bastante atenção de quem passa pelo centro de São Paulo, mas só quem sabia do esquema podia entrar.

“A pessoa batia na porta, e o responsável pelo prédio todo atendia permitia a entrada e controlava a entrada de pessoas e material”, diz o policial militar, tenente Élder Bezerra.

Quando a polícia chegou à distribuidora pirata, tanto compradores quanto vendedores subiram pelas escadas, arrombaram um portão de ferro e pularam o muro. Ao cair, quebraram o telhado do vizinho e fugiram. O dono do prédio foi preso.

Em cada um dos andares, os policiais encontraram vários boxes de diferentes falsificadores. Todos com farta variedade de CDs, DVDs e jogos eletrônicos. Entre eles filmes que ainda nem estrearam nos cinemas brasileiros.

A polícia se surpreendeu com a criatividade de quem trabalha no local. Num box, por exemplo, funcionava, um sistema delivery, ou seja, a pessoa ligava, encomendava o CD pirata, a mercadoria era colocada em uma mala e a entrega era feita por motoboys. Funcionários da prefeitura usaram um caminhão para levar a pirataria embora.

Compartilhe