Uma Jabuticaba amarga

Leia aqui o artigo publicado hoje (28/02) no Portal JOTA, por Milton Seligman,  sobre a complexidade tributária brasileira e a necessidade de se realizar uma reforma urgente. O artigo cita o estudo do ETCO e da EY sobre o contencioso tributário brasileiro

Imagem: Shutterstock

Milton Seligman - Portal JOTA
28/02/2020

Em artigo publicado hoje (28/02) no Portal JOTA, Milton Seligman – Professor do Insper, Global Fellow do Woodrow Wilson Center’s Brazil Institute e ex-ministro da Justiça – fala sobre a complexidade tributária brasileira, a necessidade de se realizar uma reforma urgente e destaca alguns dos aspectos que tornam estes mecanismos tão intricados.

Para dar suporte a algumas de suas teses, o professor citou o estudo Desafios Sobre o Contencioso Tributário Brasileiro, encomendado pelo ETCO à EY, além de destacar a importância que a entidade tem no papel de defender a ética e a legalidade nos negócios.

Entre os principais aspectos citados pelo professor sobre o estudo estiveram: o aumento do contencioso tributário brasileiro, que hoje representa metade do PIB do país, chegando a R$ 3,4 trilhões, a demora para a conclusão de um processo de contencioso tributário, que hoje leva em média 18 anos e 11 meses, e o aumento do rigor que a Receita Federal do Brasil vem empregando nos grandes contribuintes.

Leia o artigo completo em: https://www.jota.info/opiniao-e-analise/colunas/coluna-do-milton-seligman/uma-jabuticaba-amarga-24022020