Bibliografia complementar: Informalidade

[su_list icon=”icon: file-text” icon_color=”#294157″]

  • A Economia Informal no Rio de Janeiro: problema ou solução, de Rodrigo Lopes. Editora Mauad, 1996.
    A obra é um estudo detalhado sobre a economia informal na cidade do Rio de Janeiro, abordando o tema com tabelas e gráficos comparativos, suas causas sociais e econômicas, e apresentando sugestão para a resolução do problema do desemprego e da melhoria das condições de trabalho Economia Informal.
  • Economia informal e o direito no Brasil, de Ney Prado. Editora LTR, 1991.
  • Emprego na Economia Informal da América Latina, de Renato Duarte. Editora Massangana, 1984.
  • Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil, de Ricardo Antunes. Editora Boitempo, 2006.
    Fruto de uma pesquisa coletiva por diversos setores da economia brasileira, do canto erudito aos bancários, da indústria automobilística à economia informal, este livro traça um panorama do momento atual e do futuro do trabalho e do sindicalismo no Brasil. Ricardo Antunes e um grupo de pesquisadores e autores, como István Mészáros, Luciano Vasapollo, Márcio Pochmann e Giovanni Alves, estudam os impactos das mudanças na legislação; da nova divisão internacional e regional do trabalho e do capital, como o impacto dos produtos chineses e a ida de unidades fabris para o interior do país; e das mudanças tecnológicas recentes, como a adoção dos métodos administrativos do toyotismo.
  • Economia Brasileira, de Manoel Luzardo de Almeida. Editora Ortiz, 1992.
    A obra trata de assuntos como os quatro ciclos que compõem a história econômica do Brasil, sistemas econômico e financeiro, evolução da conjuntura econômica, política de exportações, presença do Estado na economia, tributação, processo substitutivo de importações, variável demográfica, mercado de trabalho, planejamento governamental, inflação, políticas macroeconômicas, economia informal instituída e economia do Rio Grande do Sul.
  • Economia Informal, Tecnologia Apropriada e Associativismo, de Diva Benevides Pinho. Editora Ipe Usp, 1986.
  • Economia Informal Entenda a Economia Brasileira Com Informalidade, de Otoniel Pacheco Filho. Editora Blend Consultoria, 1995.

[/su_list]

Projeto amplia benefícios do Estatuto Nacional da Microempresa

Deputado Luiz Carlos Hauly PSDB-PR
Deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR)

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei Complementar 418/14, do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), que propõe diversas alterações no Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Lei Complementar 123/06). Uma delas permite que as indústrias artesanais de aguardentes, vinhos, cervejas e licores se enquadrem no Supersimples.

Fonte: Plantão News (21/01)

Para acessar a matéria completa, clique aqui.

 

Principais áreas de atuação

DEFESA DO MERCADO LEGAL

Combatemos práticas ilícitas como contrabando, descaminho, fraudes, adulteração de produtos, falsificação e pirataria, que prejudicam empresas honestas e põem em risco a saúde da população.

Confira o conteúdo especial que ETCO publicou sobre esse tema.

ÉTICA TRIBUTÁRIA

Defendemos o cumprimento das obrigações tributárias por todos e a simplificação do sistema de impostos, para torná-lo mais transparente e menos oneroso.

Entenda o que é o Devedor Contumaz de tributos

REDUÇÃO DA ECONOMIA INFORMAL

Apoiamos a formalização dos negócios e patrocinamos uma pesquisa que calcula o Índice da Economia Subterrânea no Brasil desde 2003.

O que é o Índice da Economia Subterrânea.

COMBATE À CORRUPÇÃO

Condenamos qualquer tipo de favorecimento baseado em vantagem ilícita e apoiamos o fortalecimento de programas de compliance nas empresas.

O que é preciso para que sua empresa tenha um Programa de Integridade Efetivo.